Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Encontro COMIDINHAS!’ Category

Por Camila Verbisck

Este sábado, eu e as minhas co-autoras do Comidinhas conhecemos um dos points mais concorridos de comida nordestina em SP. É que depois de muito combinar e pouco dar certo, finalmente fomos no Mocotó, que está entre os mais comentados restaurantes regionais da capital paulista.

E a comida é mesmo muito boa! E olha que quem foi degustar foram duas descendentes de nordestinos, a Jaci (por parte de mãe) e eu (por parte de pai).

A música, a decoração e a disposição das mesas dão todo um ar nordestino ao lugar, que tem jeito de boteco popular, só que com comidas muito apetitosas. O serviço também é muito bom, a informalidade e a simpatia são a marca registrada do lugar. Até o chef, o Rodrigo (que é um fofo), passou pelo salão enquanto a gente estava comendo. Não sei porque a Claudia não foi apresentar a gente para ele, ela já tinha mandando e-mail para ele falando que a gente ia aparecer por lá um dia.

Ontem nós não resistimos ao baião de dois (R$ 10,90 a porção grande) e à carne de sol assada com pimenta biquinho e alho assado (R$ 16,90) acompanhada de mandioca chips. Para fechar, cada uma escolheu uma sobremesa: eu comi sorvete de rapadura (R$ 4,90), um sorvete simples, mas que deixa a Häagen Dasz no chinelo; a Jaci experimentou um pudim de tapioca com leite de coco e leite condensado com calda de coco queimado (R$ 5,90), porque ela está com vontade de fazer em casa, só que dá muito trabalho; a Claudia, que era a nossa motorista, desafiou a Lei Seca e comeu o mousse de chocolate com cachaça (R$ 5,90) (brincadeirinha srs. autoridades, a cachaça não chegava ao nível do inaceitável no bafômetro…)

Vou levar meu pai lá, com certeza! Nem em Recife comi uma comida regional tão boa. 

O único detalhe é que ele fica bem escondido, na Vila Medeiros, na Zona Norte, para chegar lá sem se perder só existem duas opções, ir com alguém que conhece o lugar (no nosso caso, a Jaci) ou um bom GPS!

Fotos: Claudia Midori, veja mais no flickr

Mocotó
Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1100
Vila Medeiros
Tel. 2951-3056

Read Full Post »

Por Claudia Midori

Os leitores mais antigos devem saber que todo mês o trio escolhe um lugar para o “Encontro Comidinhas”.

Sábado escolhi o Duplex. Geralmente pedimos entrada, prato principal e sobremesa no mesmo lugar. Mas resolvemos mudar um pouquinho nosso encontro! Do Duplex, resolvemos caminhar na Oscar Freire (olhar as vitrines) à procura de um lugar para a sobremesa. Paramos, claro (porque a sobremesa preferidas das três é sorvete), na Häagen- Dazs (R$ 7 uma bola).

Fica aqui a dica para um grupo de amigas. Almoçar no Duplex, passear e fazer compras na Oscar Freire e dar uma pausa para tomar um belo sorvete na Häagen-Dazs ou um café na Cristallo, que é praticamente do lado.

PS: Esse programa é para mulheres apenas, de Luluzinhas. Homens reclamarão de ver vitrine, da demora na escolha do sabor do sorvete (provei uns 4 antes de decidir o meu… e escolhi o de sempre – cookies), das filas nas sorveterias e cafés, da hora que você resolver parar para experimentar alguma roupa ou sapato, ou seja, deixe ele em casa ou no bar com os amigos! rs

Read Full Post »

Por Claudia Midori

Se você escolhe um lugar pelo site, tenha cuidado! Levei um susto quando cheguei no Duplex Bistrot… o lugar é bem menor (muito menor) do que parece no site.

Indepente do tamanho recomendamos o Duplex – que tem uma decoração bem bacana, moderna e estilosa. Adoramos os desenhos nas paredes, os pufes coloridos, o som ambiente que não chegava a incomodar, mas a luz chegou a incomodar por um instante – de tão baixa. Para piorar, a parede escura, deixava o ambiente mais dark ainda. Imagino que o jantar no local deva ser próprio para velas…

Como o que interessa aqui é a comida… pedimos três risotos. Pedi o primeiro da foto (de cima para baixo) – era gostoso, mas cítrico demais – o gosto do limão deixou um sabor amargo no risoto quando começou a esfriar. O risoto de funghi (foto do meio) foi o pedido (certo) da Camila – o mais gostoso de todos! A Jaci optou pelo parma, que não curti muito, mas a Jaci aprovou.

Duplex Bistrot
Rua Melo Alves, 455, Jardins
http://www.duplexbistrot.com.br/

Read Full Post »

Por Claudia Midori

Nem parece que passou um ano que nós começamos a contar nossas aventuras pelos restaurantes, bares e docerias por aí. É com enorme satisfação (rs!) que comemoramos o primeiro ano do blog Comidinhas – As aventuras gastronômicas de três jornalistas! Abaixo, selecionamos os lugares que mais tivemos prazer em comer e voltar. Esperamos que gostem das dicas!!!

Melhor japonês – Hiro (shopping Eldorado)
Melhor bairro para uma boa alimentação – Vila Madalena
Melhor padoca – Itiriki (Liberdade)
Melhor doce – churros de roda da A Casa do Churro (Tatuapé)
Melhor bar – Sacha (e peça para ser atendido pelo Claudio)
Melhor italiano – Senhora Massa
Melhor receita – brigadeiro de capim santo e todas de Nutella
Melhor festa – Achiropita (não deixe de ir no Conchetta)
Melhor custo x benefício – Kin Lin (Liberdade)
Revelação do ano – sorvete Melona
 

Read Full Post »

Semana passada o Encontro Comidinhas foi na casa da Jaci. Teve cuscuz, tapioca (ou beijú), bolo formigueiro e bolo de caneca!

Read Full Post »

por Jaci Brasil

Na última sexta experimentamos o famoso churrasco grego limpinho, o Kebab, que na verdade tem sua origem no oriente médio, comidos desde o Marrocos até a Índia. Mas tem essa fama de ser grego.

Segundo o site do restaurante que fomos: “Kebab é uma palavra de origem árabe ou persa que significava originalmente carne frita, mas que hoje é mais reconhecida como uma combinação de pão lavosh com recheios normalmente grelhados. Kebab Salonu era o nome dado aos antigos salões de kebab na Turquia, durante o século XIX, no Império Otomano. Foi nessa época que nosso carro-chefe se tornou o alimento mais difundido nessa região do mundo, adquirindo sua forma atual. ”

No Kebab Salonu, e comemos o kebab de kafta, além de kibes e kibes de batata (parece um bolinho de batata com recheio de carne).

O kebab é composto por pão sírio, no caso desse restaurante pão lavosh, de origem armênia, mais macio, folhas de vários tipos de alface temperadas com azeite e sal, folhas de hortelã, tomate, cebola, a carne grelhada, ou no nosso caso, o kafta, e molhos como hommus ou coalhada seca.

É um lanche bem grande que alimenta bastante, eu goste, mais preferia ter comido no almoço do que na janta, já a Claudia, disse que não voltava… rsrsrs

Kebab Salonu
Rua Augusta, 1416
Telefone: 32 83- 0890
http://www.kebabsalonu.com.br

Read Full Post »

por Camila Verbisck

No sábado de Carnaval, eu, a Jaci e a Claudia decidimos finalmente tomar vergonha na cara e trocar nossos presentes de Natal! (que já deviam estar criando teias guardados no armário!)

O local da reunião foi o restaurante Aska, na Liberdade. O prato principal do menu é lámen. Isso mesmo, o famoso miojo, só em sua versão original.

Fiquei bem surpresa com o lámen. Sempre gostei de miojo, já passei meses só a base disso, só que nunca tinha experimentado o original.

Mesmo meu receio de comer algas etc foi embora  rapidinho quando eu comecei a saborear o prato. Nesse restaurante, você come ele em uma daquelas tigelas tradicionais japonesas e depois toma o caldinho com uma colher bem simpática!

A questão aqui é que eu não tenho coordenação motora para comer com hashis, por isso usei talheres mesmo…

Ah, o cardápio também traz algumas opções de guioza. Nós experimentamos o de carne e o de vegetais. Os dois estavam bem gostosos, mas eu prefiro o de carne.

Aska
r. Galvão Bueno, 466
Tel.: 3277-9682

Read Full Post »

Older Posts »