Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Japa’

Sábado fui com a minha família no Rito de Obon do templo budista Higashi Honganji, na Saúde. Além da missa, havia um restaurante que servia os visitantes.

O ingresso do festival de comidinhas dava direito a um yakissoba. Não contente, aproveitei para provar o salmão grelhado (que adorei, e custava apenas 8 reais) e por 3 reais me acabei de comer o bolinho de kani kama (amei e quero a receita!!!).

Enquanto não descolo a receita com uma das obatchans que pilotavam as panelas, separei uma receita do site Cybercook.

Ingredientes

– 200 gramas de kani kama
– 1 unidade(s) de ovo
– 1 colher(es) (sopa) de farinha de trigo
– 3 colher(es) (sopa) de farinha de rosca
– 1 colher(es) (sopa) de salsinha picada(s)
– 2 dente(s) de alho amassado(s)
– 1 colher(es) (sopa) de cebola ralada(s)
– quanto baste de pimenta-do-reino branca moída(s)
– quanto baste de sal

Modo de preparo
Corte três bastões de Kani em quatro pedaços, reserve para o recheio. À parte, desfie o restante dos bastões de Kani e coloque em uma tigela juntamente com a farinha de trigo, uma colher (sopa) de farinha de rosca, o alho, a cebola, a salsinha e um ovo. Tempere com sal e pimenta-do-reino branca. Misture tudo muito bem. Faça bolinhas, achate e coloque um pedaço de kani em cada uma e transforme em bola novamente. Passe em um ovo batido e depois na farinha de rosca, frite até dourar.

Read Full Post »

Por Claudia Midori

Faz um tempinho que fui no Nafuka, um restaurante japa na Mooca. Passava na frente do restaurante todo dia, até que resolvi provar o rodízio. Adorei!

Nafuka
Rua Isabel Dias, 166, Mooca
Telefone: 2021-6207
http://www.nafukasushi.com.br/

Read Full Post »

Rito de Obon ou Rito de Finados Budista

Por Claudia Midori

Minha irmã recebeu hoje o convite do André, paciente dela (foto ao lado), para a comemoração do Rito de Obon. Budista, a família está se empenhando na divulgação de um evento que irá angariar fundos para o templo budista Higashi Honganji, na Saúde, em São Paulo. Abaixo, o convite:

Convite Beneficente Associação Religiosa Higashi Honganji
Rito de Obon 2008
Venha saborear um delicioso Yakissoba ou Salmão ao Azeite na Chapa com Arroz
Convite R$ 8,00
Teremos também camarão, bolinhos de kani e outros
Bazar de importados, roupas, artesanato, lãs, bijuterias, cerâmica,
cosméticos, oshibanae e outros.
Dia 12 de julho de 2008
Horário Bazar: das 9h às 17h
Horário Refeição: das 11h às 16h
Local: Templo Budista Higashi Honganji
Av. do Cursino 753  –  Saúde
Esperamos a sua presença
Contatos
Telefones: 5583 – 0819 ou 7199 – 8964 (Ayaka) e 5061 – 4766 (Templo)

Que tal ajudar?

Read Full Post »

Sushi com arte

Por Claudia Midori

Japonês realmente tem mania de inventar… e nem a comida fugiu disso. Encontrei um blog em comemoração aos 100 anos da imigração japonesa que vale a pena uma visitinha. Veja aqui.

Read Full Post »

Divulgação
Refeição com 10 pratos será servida em homenagem ao centenário da imigração
Refeição com 10 pratos será servida em homenagem ao centenário da imigração

Um menu-degustação será oferecido em comemoração aos 100 anos da chegada do navio japonês Kasato Maru ao Porto de Santos, que trazia os primeiros imigrantes ao Brasil, em junho de 1908.

Batizada de Kaiseki, a refeição gourmet será preparada pelo chef Hideki Fuchikami e servida somente no jantar, durante o mês de junho, no Hideki Sushi Bar e Restaurante, localizado em Moema (zona sul de São Paulo).

A refeição é composta por 10 pratos servidos em pequenas porções: entrada; caldo quente; sunomono (avinagrado com algas e frutos do mar); sashimi (com partes nobres); grelhado; chawan mushi (creme de ovos); cozido; tempura; udon (sopa de macarrão) e sushi.

A casa oferece como sobremesa, o clássico mitsumame (gelatina com doce de feijão servida com sorvete e frutas).

O preço por pessoa é de R$ 80. Clientes entre 75 e 80 anos têm desconto de 50%. Já pessoas acima de 80 anos não pagam. É necessário fazer reserva.

Hideki Sushi Bar e Restaurante
Av. dos Imarés, 542, Moema, São Paulo
Tel.: 5049.3324. Não abre às segundas-feiras.

Read Full Post »

As apresentações de artes marciais e a culinária foram um dos principais atrativos para o público no primeiro dia da Semana da Cultura Japonesa, que começou neste sábado, no complexo do Anhembi (zona norte de São Paulo). O evento faz parte das comemorações dos cem anos da imigração japonesa.

As demonstrações de aikido, no Grande Auditório, reuniram um grande público, com apresentações de luta com praticantes de diversas faixas etárias e de ambos os sexos. Mas uma das atrações mais concorridas foi a aula sobre culinária caseira dos imigrantes, do chefe de cozinha Shin Koike. “Apreciamos a comida japonesa, e hoje a gente veio ver se aprende também a fazer”, disse Maria Dalva Zangrandi Coppola, 34, que saiu de Guaratinguetá (a 187 km da capital), para participar do evento junto com as irmãs, Aneli,38, e Maria de Lourdes, 46.

Fãs da comida e da cultura japonesas, o casal Jonathan Rivera, 41, e Valéria Scotti, 34, aproveitou o sábado para um passeio no local com as filhas, Rebeca e Naomi, no Anhembi. “Apreciamos os princípios, o respeito que eles têm com os idosos, a gastronomia e as plantas”, afirmou Valéria.

Já as descendentes de japoneses Sumiko Yonamine, 74, e Tereza Toma, 60, se emocionaram com apresentações de músicas típicas do Japão, que ocorreram na parte da manhã. “As músicas contam a história da imigração”, disse Sumiko.

Durante os dez dias de evento são esperadas cerca de 200 mil pessoas. As atrações são bem variadas, e a entrada é gratuita. Entre os destaques estão o 43º Festival de Músicas Folclóricas, no domingo (15); a apresentação da Orquestra Jazz Sinfônica ao lado dos grupos Mawaca –de música étnica– e Taiko Shô –de tambores–, na segunda-feira (16), às 20h; e o balé Yuba, quinta-feira (19), às 20h. No encerramento da programação, no domingo (22) haverá um show da cantora Fernanda Takai.

Read Full Post »

da Folha Online e Folha de S. Paulo

Os grãos de soja têm propriedades nutricionais e terapêuticas benéficas para a manutenção da saúde e prevenção de doenças. Ingrediente básico da culinária japonesa, a soja pode ser encontrada em diversos produtos.

Farinha de soja (kinako)
Obtida a partir do grão torrado e triturado. Pode ser usada para substituir até 1/3 da farinha de trigo comum em produtos tradicionais de panificação da culinária brasileira, como bolos e tortas doces e salgadas, sem alterar o sabor, a cor e a textura.

Fibra de soja (farelo)
Obtida a partir das cascas da soja retiradas durante o processamento industrial do grão. Pode ser adicionada a produtos tipo granola, e a sucos e vitaminas em pequenas quantidades.

Gérmen de soja
É o embrião, a parte da semente que vai se transformar na planta e que concentra o maior teor de isoflavonas, cerca de 80%.

Leite de soja ou extrato hidrossolúvel
É obtido após o cozimento dos grãos em água, trituração e separação das fases líquidas (extrato) e parte sólida “Okara”. O leite de soja é isento de lactose e é usado há mais de 20 anos por crianças e adultos que são alérgicos ao leite de vaca, ou seja, portadores da chamada intolerância à lactose. Possui baixo teor de gordura, cerca de 2%.

Molho de soja (shoyu)
Produzido a partir da soja fermentada. Possui aminoácidos livres, minerais, vitaminas do complexo B e ácido glutâmico. A presença de isoflavonas é insignificante.

Natto (pronuncia-se natô)
Pasta de soja fermentada, de consistência pegajosa e pobre em calorias. Costuma ser servida com arroz, cebolinha e molho de soja. Possui elevado conteúdo de isoflavonas bioativas.

Pasta de soja (missô)
Alimento fermentado feito a partir de grãos de soja combinados com outros grãos, como arroz e cevada, além de sal marinho. Muito rico em proteínas, vitamina B-12, aminoácidos essenciais e minerais como cálcio e ferro. Apresenta baixo teor de gorduras e de calorias. É usado para temperar sopas, cereais, legumes, vegetais, carnes, peixes e frutos do mar. Como o Natto, também possui elevado conteúdo de isoflavonas bioativas.

Proteína vegetal texturizada (PVT, PTS ou “carne” de soja)
É obtida a partir da farinha de soja desengordurada e apresenta elevado teor de proteínas, aproximadamente 50%. É um produto de excelente qualidade nutricional, versátil e pode substituir total ou parcialmente as carnes bovina, suína ou de aves, em diferentes pratos onde estas são utilizadas como hambúrgueres, quibes, croquetes, salgadinhos, tortas salgadas, estrogonofe, molho de macarrão tipo à bolonhesa, dentre outros.

Tofu ou queijo de soja
É feito a partir do leite ou extrato de soja, por meio da coagulação das proteínas presentes no extrato da soja. É rico em proteínas, possui ferro, fósforo e vitaminas do complexo B. Tem baixo teor de carboidratos, calorias e gorduras saturadas. É um excelente substituto para carne e laticínios, e pode ser usado em sopas, cozido com grãos ou vegetais, com macarrão, em saladas, conservas e pode servir de base para molhos e patês.

Soja em grãos in natura
Pode ser consumido tal qual feijão cozido e temperado, e na forma de saladas incrementadas com tomate picadinho, pimentão, cebola, uvas passas, cenoura ralada, salsa, cebolinha e atum, por exemplo. Antes de colocar os grão de molho durante uma noite é imprescindível fazer o choque térmico, ou seja cozinhar os grãos, previamente escolhidos e sem lavar, em água fervente por 5 minutos e enxaguar em água fria corrente. Só então deixar os grãos de molho para facilitar o cozimento.

Dica importante: se os grãos forem cozidos em panela de pressão, adicionar à água de cozimento cerca de três colheres de óleo de soja para que lubrifique a válvula da tampa da panela, impedindo, assim, que as cascas obstruam os orifícios da válvula, evitando acidentes (explosão da panela de pressão). O cozimento em panela aberta não requer essa adição de óleo à água, mas o tempo de cozimento será mais longo.

fonte: José Marcos Gontijo Mandarino, pesquisador da Embrapa Soja.

Read Full Post »

Older Posts »