Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Festa’ Category

A sobremesa que mais gosto de preparar é pavê. Nem sei explicar porque, mas tenho diversas receitas e vivo inventando novas. Essa que está aí embaixo inventei nesse verão, fica ótima.

Pavê de chocolate

1 litro e 1 copo de leite
5 ovos
1 colher de chá de essência de baunilha
1 lata de leite condensado
1 e 1/2 colher de sopa de maisena
1 colher de sopa de chocolate em pó
2 pacotes de bolacha champanhe
1 barra de chocolate meio amargo
1 lata de creme de leite sem soro
4 colheres de sopa de açúcar

Modo de fazer
Separe as claras das gemas. Reserve as claras. Bata as gemas com o leite condensado e a essência de baunilha no liquidificador, depois acrescente meio litro de leite e a maisena. Despeje a mistura numa panela e acrescente o restante do litro de leite. Cozinhe a mistura em fogo médio, mexendo sempre, por cerca de 15 minutos ou até formar um creme .

Quando ficar pronto coloque metade do creme no fundo de uma refratária grande, depois faça uma camada de bolacha champanhe molhada no leite com chocolate, e coloque a outra metade do creme por cima, e faça uma nova camada de bolacha. Em seguida pique o chocolate e coloque por cima das bolachas. Bata as claras em neve com o açúcar, e depois misture o creme de leite, e espalhe essa mistura sobre a camada de chocolate picado. Agora é só levar à geladeira por cerca de 6 horas. E depois saborear a delícia, huuuummmm!

Anúncios

Read Full Post »

da Redação do Terra

Para se ter sorte no ano-novo, vale tudo! Quem nunca experimentou fazer uma simpatia para atrair mais sucesso e bom augúrio? Ou até mesmo ficar com o pé direito apoiado no chão, ou na praia, pulando sete ondas do mar… Mesmo que muitos afirmem ter ceticismo, a quantidade de pessoas que praticam estas crendices somente reforçam a superstição.

Mas é na cozinha que encontramos as mais saborosas superstições para o último dia do ano. Frutas, bebidas e alguns ingredientes são indicados e devem ser incorporados a ceia especial. Crenças à parte, vale a pena experimentar esses pratos, ainda que seja pelo simples prazer de degustar algumas delícias.

Bebida:
A champanha, ou champagne, é a bebida ideal para festas, principalmente de final de ano. Bebida nobre, ela deve ser servida bem gelada e em taças de cristal para brindar a chegada do novo ano.

Lentilha:
Segundo a tradição, devemos comer lentilha ou, na falta desta, feijão. Acredita-se os grãos que aumentam de volume durante o cozimento trazem fortuna.

Uvas pretas:
O folclore recomenda comer sete bagos de uvas pretas. Assim, o indivíduo atrairá prosperidade para o ano que chega.

Romã:
Há a crença de que caroços de romã podem trazer boa sorte. Deve-se comer uma romã e guardar sete de seus caroços na carteira.

Frutas secas ou cristalizadas:
A tradição manda comer pêssego, figo, amêndoa ou avelã para se ter mais sorte e fortuna.

Carnes:
Segundo as crenças populares, aves não devem ser preparadas na ceia de ano novo, porque ciscam para trás e possuem asas. Sendo assim, fariam a felicidade voar embora. É aconselhável preparar carnes como boi, cordeiro e principalmente porco, animal que fuça e empurra a terra para frente. Peixes como atum, bacalhau e salmão , considerados peixes “destemidos”, também são recomendados.

Read Full Post »

Não é demais?

           Rosa de guardanapo

por Claudia Midori

Achei no blog da Rosa Freitas essa idéia maravilhosa para decoração em um jantar. No blog tem o passo-a-passo.

Read Full Post »

Churras

por Jaci Brasil

Uma das coisas que a minha família mais gosta é de se reunir, e por qualquer motivo. No último sábado fizemos um churrasco só dos primos para marcar a passagem da Mônica, minha prima que mora em Recife, por São Paulo.

Só que a gente não é muito organizado (risos) e ficou tudo para última hora e sem nenhuma tia ou mãe pra ajudar na cozinha, sobrou pra mim. Fiz a salada de maionese, a farofa e o vinagrete. Ah, a Mônica lavou o alface, a Marília (outra prima) cortou o pão, o Bruno (namorado da Marília) lavou a louça, e a Ciça (esposa de um outro primo) fez o arroz.

Isso sem falar no churrasqueiro que esqueceu o espetinho na brasa até virar um pretume só.

Mas o melhor de tudo isso é reencontrar a família, principalmente a Mônica, prima querida que eu não via há mais de três anos.

E sem mais chororo de despedida, segue a receita da farofa:

Farofa

(é tudo meio a olho)
bacon
lingüiça toscana fresca (aquela de churrasco)
lingüiça calabresa fresca
cebola
azeitona
ovo cozido
farinha de mandioca

Corte o bacon, tire a capa da lingüiça e pique a carne de dentro, fazendo uma “carne moída” , pique a cebola, a azeitona e os ovos.

Frite o bacon. Reserve o bacon frito num prato, use a mesma gordura pra fritar a lingüiça, quando estiver bem frita acrescente o bacon e depois a cebola e frite até que ela fique transparente. Junte a azeitona e o ovo, misture bem. Por último coloque a farinha aos poucos, desligue o fogo, e continue colocando a farinha até ficar do seu gosto. Sirva quente.

Read Full Post »