Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 15 de Abril, 2008

Bangkok Café

Por Claudia Midori

Sexta-feira, dia 11, conseguimos (finalmente!) chegar perto de casa sem pegar muito trânsito. Já havia comentado com a Carol que queria comer em um lugar diferente, e que não queria ir até o shopping. Minha idéia era ir num japa da Mooca, mas o restaurante estava fechado. De lá, resolvemos dar a volta e irmos para o Elídio.

Ainda bem que no caminho nos deparamos com o Bangkok Café. De ambiente calmo, luz baixa, som ambiente, o local é agradável aos ouvidos e aos olhos. Poucas mesas no lugar dão espaço para as pessoas circularem tranquilamente da mesa para o balcão (devo ter ido umas três vezes) para ver de perto as tortas e os doces da casa.

O diferencial (e o bacana) do Bangkok, é que tudo é feito pela família. Na verdade, são duas famílias – Allucci e Carmelengo, ambos moradores da Mooca. (Conheça o local se quiser ser bem atendido, já que o bom atendimento virou raridade em alguns lugares..!)

As comidas e os doces são produzidos pelos familiares, e tudo é natural, fresco e gostoso. Provei a torta de berinjela (R$ 4) com queijo. A Carol optou pela torta de abobrinha (R$ 4). Para beber, pedimos uma cervejinha (pena que não estava muito gelada) – R$ 3,50.

Anotei os sabores das tortas para quem tenha interesse em conhecer o local: queijo, frango, palmito, berinjela, escarola e abobrinha.

Nossa visita ao Bangkok terminou com uma generosa fatia de bolo de mousse de chocolate com cereja e pedaços de chocolate na cobertura. Com duas bolas de sorvete, o bolo aumentou de R$ 2 para R$ 4, o que ainda considero super barato, já que a qualidade e o sabor são ótimos!

Agora um parênteses – o sorvete! Achei que era de creme, mas fui informada pelo Sr. Allucci que havia duas opções… uma que descartei na hora (e não lembro), e a segunda, de erva cidreira. Não tive dúvidas, pedi para provar o de erva cidreira. Aprovei na primeira colherada o sabor refrescante. Não posso deixar de dizer que o sorvete não é produzido pela família, mas é da empresa Damp – que produz sorvetes artesanais no Ipiranga… e certamente onde farei minha próxima parada! 

Bangkok Café
Rua Sebastião Preto, 43, Mooca
Telefone: 11 2028-5344

Anúncios

Read Full Post »

Adorei a informação!Nos 600 restaurantes japas da capital, são consumidos 12 milhões de sushis por mês. É a cidade da pizza se rendendo ao império do sushi. Leia mais no blog da Insight.

 

Read Full Post »

por Claudia Midori

Após sua recente passagem pelo lendário bar cubano La Floridita – considerado o berço do Daiquiri no mundo, o mestre Derivan de Souza, do Esch Café, comanda a partir do dia 21, o Daiquiri Day. A carta é composta por seis drinks exclusivos. Ontem provamos (eu e a Carol Marino) dois drinks deliciosos! A Carol vai escrever sobre o lugar, aguardem!

Esch Café
Alameda Lorena, 1899, Jardins
Telefone: 11 3062-2285

Read Full Post »