Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 26 de Outubro, 2007

Busy Bee Chocolates

Busy Bee

por Claudia Midori

Ganhei na Páscoa da Rê uma caixinha fofa da Busy Bee com língua de gato. Eu tinha a caixinha (que lembra uma caixa de cigarros) quando começamos o blog… mas como não tinha chocolate, nem fotografei. Achei a foto no site da marca, que tem uma loja perto de onde trabalho, na fradique coutinho. Os chocolates são bem gostosos e chamam atenção não só pela qualidade e gosto, mas pelas embalagens super charmosas!

Busy Bee Chocolates
Rua Fradique Coutinho, 1109

Anúncios

Read Full Post »

da Folha Online

Sete lotes de leite integral tipo longa vida comercializados pelas empresas Parmalat, Calu e Centenário foram interditados preventivamente pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), nesta sexta-feira. Segundo a agência, a interdição foi determinada com base em laudos da Polícia Federal que constataram irregularidades no processamento do leite.

Por “medida de precaução e segurança à saúde”, a Anvisa orienta as pessoas que tiverem leites destes lotes em casa a não os consumirem enquanto as investigações estiverem em andamento. Para a Anvisa, a ingestão do leite não representa risco iminente à saúde, mas a orientação é para que as pessoas fiquem atentas ao eventual surgimento de sintomas.

Com a interdição também fica proibido comercializar unidades destes lotes.

Confira os lotes interditados:

  • Parmalat – lotes LCZL062:3 e LCZL01 12:42
  • Calu – lotes 4G, 4K e 4W
  • Centenário – lote 1 (com fabricação em 25/07/2007) e lote 2 (com fabricação em 28/07/2007)

De acordo com os laudos da PF, as amostras destes lotes examinadas estão em desacordo com os padrões de identidade e qualidade exigidos pelo Ministério da Agricultura. Os exames não detectaram presença de soda cáustica.

Quando terminarem as investigações, a Anvisa deverá aplicar sanções que variam desde a interdição cautelar dos leites até a apreensão dos produtos adulterados em todo o território nacional. As empresas também estão sujeitas a multas de até R$ 1,5 milhão.

Quem perceber qualquer aspecto diferente no leite –cor, odor ou sabor– deve comunicar o fato à Vigilância Sanitária local ou entrar em contato com a própria Anvisa pelo e-mail ouvidoria@anvisa.gov.br.

Novos exames

Ontem (25), a Anvisa e as Vigilâncias Sanitárias de Minas e de Uberaba (MG) encaminharam amostras de leite da Parmalat, da Calu e da Centenário com suspeita de adulteração à Funed (Fundação Ezequiel Dias). Os novos testes irão detectar quais substâncias foram adicionadas de forma irregular ao leite longa vida.

Conforme as investigações, as cooperativas Casmil e Copervale –localizadas em Passos e Uberaba, respectivamente– adicionavam produtos como soda cáustica, citrato de sódio e ácido cítrico com o objetivo de aumentar o prazo de validade e disfarçar problemas.

 

Read Full Post »