Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 3 de Julho, 2007

por Regina Lara Stevanatto

Há uma semana fui para Campinas para uma típica festa junina do interior. Campinas não, Joaquim Egídio, mais precisamente. Um amigo meu organizou uma festa e eu mais 2 amigas fomos conferir.

Joaquim Egídio é um distrito de Campinas e, na verdade, ficaria a uns 20 minutos de lá, se não tivéssemos parado para passear no Shopping Iguatemi e nos perdido.
Quase em SP percebemos o erro, mas fomos salvas por um fiel escudeiro local (o amigo em questão), que nos resgatou no centro de Joaquim, após quase batermos o carro tentando entender a difereçã entre pontes, pontilhão e “endireitar o carro depois das esquerdas”.

Devidamente recolhidas na estrada, descobrimos também que o lugar era frio, bem frio para meu vestidinho e jaquetinha jeans. Mas o fiel escudeiro mais uma vez solucionou o problema com um blusa de lã, bem quentinha, mas que me deixou devidamente com cara de Jeca, para ficar no clima da festa com o chapéu.

A festa foi em um bar chamado Bar Da Cachoeira, que é uma graça. Muito bom para para passeios românticos no fim do dia e almoço com a criançada, já que tem lareira e cachoeira.
Como era São João, logicamente a bebida eleita foi o vinho quente, que devo dizer estava bem docinho e carregado de maçãs. Quase uma refeição completa.

Não sei dizer se estava doce pelo açúcar e maçã ou pelo tipo de vinho, mas nas receitas, sempre recomendam o vinho seco. Pesquisando descobri que a festa junina na verdade é uma festa mais brasileira do que eu imaginava, já que muitas das tradições dela são adaptações das tradições dos imigrantes, como por exemplo os fogos artifícios chineses,  a quadrilha (que eu adoro, e dancei) das danças marcadas francesas.
Outra curiosidade é que os pratos típicos são baseados em milho, pois junho é o mês da colheita! O nome da festa tem 2 possíveis origens: por ser celebrada em junho ou por se comemorar o dia de São João.

No quesito musical da festa tiveram 1 violeiro, 1 trio e 1 quarteto de viola. O pessoal estuda na Unicamp e alguns inclusive fazem parte da orquestra de viola da faculdade, então, nem preciso dizer que o som estava arretado!
O público era incrivelmente lindo (quando você achava que tinha visto a pessoa mais bonita da cidade, entrava outra ainda mais gata), mas poucos estavam no clima do chapéu, pintinhas e dentinho preto, mas vieram em massa (eram esperadas cerca de 200 pessoas e entraram 400, quando a organização da festa começou a barrar a galera, por faltra de espaço).

Em resumo, valeu a pena o frio, a terra e nos perdermos. A única coisa muito chata foi que tivemos que voltar cedo, e não conseguimo “nos jogar” na parada gay que foi na rua do nosso hotel, no centro de Campinas!

Fotos:http://www.flickr.com/photos/sitecomidinhas/662194036/

Read Full Post »

Os apaixonados pelo morango terão muito mais que um motivo para dar uma passada na Brunella a partir do dia 1° de agosto: é o III Festival do Morango que acontece até o dia 17 de setembro.

Entre bombons, tortas e bolos, a doceria selecionou dez irresistíveis tentações para deixar qualquer um com água na boca e indeciso em frente à imponente vitrine. Entre as delícias estão o saboroso Copinho de marshmallow com geléia de morango (extensão de linha do sucesso “Copinho de brigadeiro”) a R$ 1,80; o exclusivo Mil delícias de morango (massa folhada Brunella recheada com creme de baunilha, morangos frescos e cobertura de caramelo e fondant) a R$ 6; o suculento Éclair de chocolate com morangos (recheado com puro creme de baunilha sabor morango) a R$ 6; e o Éclair de fondant branco com morangos (recheado com puro creme de baunilha sabor morango) a R$ 6; o suculento Paris Brest de morangos (pâte à choux recheado com creme de baunilha, leite condensado e morangos picados, coberto com fondant de chocolate) a R$ 30; o tentador Saint-Honoré de morango (massa folhada e pâte à choux recheado com creme de baunilha sabor morango decorado com morangos frescos e cobertos com chocolate ao leite) a R$ 6.

Outra boa escolha é a Taça tentação (potinho para comer de colher composto por camadas de geléia de frutas vermelhas, chantilly, creme de baunilha, geléia de morango e fondue de chocolate decorado com morango inteiro banhado em chocolate ao leite) a R$ 6; o apetitoso Mousse de morangos (sobre massa fina de pão-de-ló, mousse de morangos frescos decorado com morango inteiro banhado em chocolate ao leite) a R$ 6; o célebre Bolo Merengue com morangos e mousse de chocolate (camadas de pão-de-ló de chocolate, mousse de chocolate, disco de merengue, farta camada de chantilly com pedaços de morangos, coberto com mais merengue. Decorado com marshmallow, suspiros e morangos cobertos de chocolate) a R$ 45; o notável Bolo mesclado 2 sabores (pão-de-ló de chocolate, mousse de chocolate, pão-de-ló de chocolate, mousse de morango, pão-de-ló branco, tudo coberto por uma combinação perfeita entre marshmallow e creme Paris decorada com morangos frescos) a R$ 45.

www.brunella.com.br

Read Full Post »