Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Maio, 2007

Butter egg roll

 Butter Egg Roll

A-D-O-R-O esses biscoitinhos chineses. Procurei em alguns sites de busca sobre eles para saber onde foi criado, quando etc. A questão é que não achei nada, mas antes dos biscoitinhos acabarem resolvi tirar uma fotinho da lata.

Não sei como são feitos, se alguém souber, por favor, passe a receita! A Camila e a Jaci provaram os rolinhos num chá da tarde que fizemos na casa da Camila para ver as fotos dela em Paris. Todas gostaram, inclusive a mãe da Camila.

Recentemente descobri que na Liberdade encontro esses rolinhos, até a versão salgada… mas não é a mesma coisa. As opções que encontrei na Liberdade são as mesmas vendidas em mercados em HK. Eles são gostosos também, mas não são crocantes e cheirosos como o da Kee Wah Bakery, em Kowloon.

(Claudia Midori)

Kee Wah Bakery
666 Castle Peak Road
Kowloon, Hong Kong

Read Full Post »

A Camila começou a falar de comida de vó (a da vó dela é mesmo uma delícia, já almocei lá algumas vezes… um nhoque delicioso!) e me lembrei da minha infância, época em que almoçava duas vezes.

Era assim, meus avós paternos moravam na casa de cima, então vivíamos (eu e meu irmão mais novo) entre uma casa e a outra. Meus avós almoçavam cedo, entre 11h30 e meio dia, e lá estamos nós com nossa batininhas (era um pratinho só nosso que ocupava o armário da minha avó), pra comer arroz com feijão, repolho refogado e carne cozida. Mas era só um pouquinho, pra não estragar o apetite pro almoço da mãe.

Não tinha nada de especial na comida da minha avó Emma, mas era uma delícia. Suas especialidades eram: repolho refogado, mandioca frita na manteiga (que até hoje não sei o que ela fazia pra ficar tão gostoso), feijão temperado na hora, a bisnaguinha com margarina, doce de abóbora com coco e aquele bolo tradicional, que ela falava que era “bolo da sogra”.

Hoje fica só a saudade da comida e da avó.

(Jaci Brasil)

Read Full Post »

Comida de vó

Almoço na casa da vó sempre é uma grande ocasião… pode ser até aquele mesmo cardápio de sempre, com as mesmas pessoas de sempre e a mesma conversa de sempre… mas sempre é especial!

Eu almoço na casa da minha vó todos os dias e me sinto uma privilegiada, mesmo às vezes cansando do arroz com feijão de todos os dias… Mas quando não dá para comer na casa da vó, do que eu sinto saudades? Exatamente do arroz com feijão!

E comida de vó não adianta, a gente vai lá, aprende, faz junto, mas nunca fica igual! Por que será que isso acontece? Alguém tem uma explicação?

Na minha família é assim, um monte de gente já tentou aprender a cozinhar com a vó, mas ninguém chega aos pés dela! Quem sabe um dia eu não me atrevo a aprender?

 (Camila Verbisck)

Read Full Post »

Food at the top




Peak

Situado no Peak, o melhor lugar para se ver Hong Kong do alto, o Cafe Deco Bar é bem bacana. A comidinha é legal, vale a pena entrar no site e dar uma olhada nas fotos das comidinhas. Os doces são deliciosos. Mas preciso dizer que o melhor é a vista que se tem do lugar!!! Vale uma visita e um belo jantar!

(Claudia Midori)

Cafe Deco Bar
Level 1-2
Peak Galleria, 118, Peak Road
http://www.cafedeco.com/cafed/v_deco.asp

The Peak
www.thepeak.com.hk

Read Full Post »

Quem tem pressa come cru

Pois é, cozinhar é uma delícia para quem gosta e ponto final. Adoro cozinhar, mas nada complicado, com muitos detalhes. Para quem gosta de cozinhar e prefere aquelas receitinhas rápidas e fáceis, além de saudáveis, como eu, a boa pedida é o livro de István Wessel – Quem tem pressa come cru, da Companhia Ed. Nacional.

Quem está começando a cozinhar pode aproveitar o belo livro Ofélia ensina o bê-a-bá – A cozinha maravilhosa de Ofélia, Editora Melhoramentos. Outra dica é Dona Benta – Comer Bem (Companhia Ed. Nacional), um ícone da culinária brasileira.

Em menos de seis meses na terceira edição, Carlota – Balaio de Sabores (Companhia Ed. Nacional) traz as receitas mais pedidas do restaurante Carlota, de Carla Pernambuco.

No final de semana dei uma folheada no livro Céu da Boca – Lembranças de Refeições da Infância (Editora Ágora) e fiquei encantada com as narrativas gostosas de memórias associadas à mesa de refeição ou a algo de comer. É bem bacana e baratinho – 26 reais. Quem tem o cartão da Saraiva tem desconto!

Depois que fiz um curso de pasta americana, e ainda não fiz nenhum, fiquei curiosa com a criatividade que um simples bolo pode ter. O livro Naughty Cakes traz 19 bolos de design pra lá de original. Dá uma olhadinha na capa!

                                                                                    Naughty Cakes

(Claudia Midori)

Read Full Post »

In Boca al Lupo Café

Nutella é uma delícia. Milk shake também. No sábado à noite experimentei o Shake Nutella da in Boca al Lupo Café no aeroporto de Guarulhos, uma delícia!!!

Além do shake, o lugar tem outras duas opções de bebida com Nutella, um quente, outro gelado também. Aproveitei para espionar a atendente fazendo o shake…

Na Itália “in bocca al lupo” significa desejar boa sorte a alguém.

1 bola de sorvete de chocolate generosa
1 bola de sorvete de creme
4 colheres de sopa de Nutella
1 copo grande de leite
Bater no liquificador e se deliciar!!!

Aeroporto Internacional
* Aeroporto Internacional de Guarulhos | Terminal 2, Asa C
Pinheiros
* Rua dos Pinheiros, 100 | Pinheiros
tel.: [11] 3062.8914
Jardim Europa
* Rua Amauri n° 334 | Jardim Europa
tel.: [11] 3079.1566
http://www.inboccaallupo.com.br/

(Claudia Midori)

Read Full Post »

Chá verde

                                            chá verde 

É a bebida mais consumida no Japão, em qualquer esquina você pode comprar chá verde (Camellia siensis)de N marcas, de N tipos. O chá verde é a bebida do café da manhã, do chá da tarde, do almoço e da janta, chá verde é para toda hora, todos os dias.

A bebida tem origem na China, onde o chá preto foi inventado no século 17, e levada pelos monges chineses para o Japão. O chá verde no Japão é mais comum que na China… não sei qual o chá mais consumido por eles, mas café… tem cafeterias em toda esquina de Hong Kong. Inclusive vi várias propagandas dos cafés brasileiros. Starbucks então… vários, dá pra escolher em qual entrar.

Como tudo no Nihon tem ritual, não poderia ser diferente com o chá verde. A começar pelo plantio, que não vou explicar, para a colheita. A principal colheita é feira na primavera, em maio, quando é colhida a mais apreciada leva de chá verde, colhida manualmente para que possa ser separadas as folhas boas das ruins.

Quem bebe chá verde com frequência (ou não) sabe que ele fica amargo quando esfria, que não pode ser fervido por muito tempo para não ficar amargo… o chá deixa de ser verde para marrom – o gosto é horroroso! A infusão do chá não deve passar de três minutos, tempo mais que suficiente para ficar gostoso, não muito quente, e verdinho claro!

(Claudia Midori)

Read Full Post »

Kopenhagen 

Nenhuma mulher resiste a um bom chocolate, ainda mais se ele for acompanhado de uma linda declaração de amor. 

A Caixa Tabletes Kopenhagen, elaborada especialmente para o Dia dos Namorados, traz a frase Minha alegria de viver fica maior com você perto de mima como tema principal da embalagem. Um mimo perfeito para presentear a cara metade.

Composta por três diferentes barras – ao leite, ao leite com amêndoas e ao leite com avelãs -, não há coração que não se derreta. Preço: R$ 29,90 (255g – 85g cada tablete).

Read Full Post »

Hong Kong

Jumbo Kingdom 

Resolvi começar o post pela melhor comida que como em Hong Kong, o café da manhã do hotel Renassaince Harbour View Hotel, em HK tem dois Renassaince. Adoro café da manhã, principalmente quando é sem pressa e não é em casa, para sair do convencional – o café com leite e pãozinho, de preferência na chapa (frigideira, no meu caso).

Cada dia como uma coisa diferente, tem dias que escolho o melhor ou pior estilo americano, com tomate, ovo mexido (ou de outras formas) e bacon, uma bomba calórica logo cedo. O que mais estranha meus amigos é meu café “estilo japa”. Como salmão grelhado com arroz japonês, o bem grudento e sem sal, com missoshiro e algas, também coloco omelete e cebolinha na sopa de missô – meu tio tem a melhor definição para a sopa: água suja! É uma sopa que nada mais é que um líquido sem nada, a não ser o missô dissolvido na água, de cor amarelada. É uma delícia e, por mais estranho que pareça, seria manter o jantar em meu relógio biológico, rs.

Nunca comi “bem” em Hong Kong. Aliás, não gosto da comida chinesa da China. A culinária é basicamente de carne de porco, porco com isso, porco com aquilo. Um tédio olhar o cardápio dos restaurantes.

Na primeira vez que fui para HK, em março do ano passado, jantei no Jumbo Kingdom. O lugar é ponto turístico na cidade. O restaurante flutuante está há 25 anos no porto de Aberdeen e vale conhecer, não pela culinária em si, mas por ser um lugar diferente, atraente, um pouco caro, mas de onde se tem uma vista maravilhosa da cidade iluminada pelos prédios.

A comida não é diferente dos restaurantes em terra firme, a diferença está na apresentação dos pratos, todos extremamente caprichados.

 Mc Donald´s

Geralmente, quase sempre, minha salvação é apelar para os lanches do Mc Donald´s, Burger King, Popeye´s, Hard Rock ou KFC, que aliás, adoro os frangos fritos deles, pena que sejam muito apimentados. De vez em quando acabo num restaurante japa ou no italiano Fat Angelo´s http://www.fatangelos.com/.

Também adoro os pães, lanches e bolos da Aroma Bakery, sempre passo lá para comprar um doce, um bolinho, um chocolate. Não achei o site da padaria… mas uma fotinho da vitrine.

(Claudia Midori)

Bakery

Jumbo Kingdom
www.jumbo.com.hk

Read Full Post »

Eu não almoço no trabalho, então não passo pelo perrengue de enfrentar um self service todo dia. Tenho a sorte de poder almoçar em casa, mesmo que às 14h30, 15h.

Pra enganar a fome das 8h até às 14h, eu sempre levo um lanchinho. Aí vocês podem imaginar que tipos de besteira eu como, né? Bolacha recheada, Ana Maria, salgadinhos, Toddynho, suquinhos…. e vez ou outra também levo uma fruta, porque meu organismo não é de ferro.

 O engana-fome de hoje é composto por uma banana (que saudável, né?) e bolacha passatempo.

E você, o que faz pra enganar a fome?

(Jaci Brasil)

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »