Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 6 de Maio, 2007

Mães na Plaza de Mayo

Hoje minha prima pediu algumas dicas de BA – ela viaja no final do mês. Aproveitei para escrever aqui o mesmo que vou enviar por e-mail do que acho essencial na cidade de Borges…

* Tirar fotos do Caminito
* Saborear “o” bife de chorizo e uma boa parrilla
* Assistir a um show de tango
* Caminhar pela calle Florida
* Ir a alguns cafés tradicionais como o Tortoni ou o La Biela
* Experimentar (mais de uma vez) alfajores e empanadas
* Ir a San Telmo em um domingo para dar uma olhadinha na feirinha de antiguidades e lebrancinhas na Plaza Dorrego, uma cervejinha ou café também são programas imperdíveis
* Ver a Casa Rosada, a Plaza de Mayo e o Obelisco
* Pegar a linha A do subte para conhecer o mais antigo metrô da América Latina, inaugurado em 1913
* Percorrer os belíssimos jardins de Palermo
* Conhecer alguns museus da cidade, entre eles o Malba-Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (Av. Figueroa Alcorta, 3415, abre das 12h às 20h, fecha às terças). Boa oportunidade para ver algumas obras dos brasileiros Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral (é lá que está O Abaporu), Lígia Clark e outros.

Buenos Aires tem atrações gastronômicas irresistíveis, a começar pela carne, com fama de ser a melhor do mundo! Para compreender o cardápio, algumas dicas:
al punto – ao ponto
bien hecho – bem passado
bife de chorizo – contra-filé
bife de lomo – filé mignon
bife de tira – costela assada
bife de costilla – chuleta
chorizo – linguiça
vacío – maminha
vuelta y vuelta – mal passado, quase cru
morcilla – chouriço
A boa parrilla argentina não tem só corte diferente do brasileiro. A grelha argentina (ou parrilla) fica inclinada e não são cilíndricas, além disso, a gordura sempre fica pra cima, assim ela derrete e escorre pela carne, deixando mais saborosa, mas será essa a única diferença? Aqui acendemos o carvão na própria churrasqueira onde a carne é feita, mas na Argentina ela é acesa em uma fornalha separada e levada para baixo da grelha. Assim, os gases do carvão não alteram o sabor da carne.

(Claudia Midori)

Read Full Post »