Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 5 de Maio, 2007

Persicco

Buenos Aires tem duas sorveterias mais famosas, a Freddo que falei no post anterior e a Persicco. A primeira é fácil de encontrar, há pelo menos uma por bairro. Já a Persicco… encontrei apenas uma, na mesma avenida que ficamos hospedados, mas longe, longe, muito longe do hotel que fomos de subte, o metrô dos argentinos.

Para chegar na sorveteria é preciso usar a linha A, a mais antiga de BA, e descer na estação Acoyte. É fácil achar a sorveteria. Com decoração mais clássica e bonita que as unidades da Freddo, a Persicco é mais cara e muito procurada para aqueles que gostam de tomar o café da manhã na rua, ao ar livre, ou simplesmente para não ter que fazer em casa.

Pagamos:
$ 6,50 capuccino
$ 4,00 água
$ 6,50 torta de chocolate com banana
$ 6,50 tiramissu

Comecei pela torta de banana com chocolate e parei no segundo pedaço, não sou fã de banana… e pedi um tiramissu que não diria sem graça, mas já comi melhores aqui em São Paulo. Ou seja, não dei muita sorte na Freddo…

(Claudia Midori)

Persicco
Avenida Rivadavia, 4933

Anúncios

Read Full Post »

City tour

Freddo                                  

 Segundo dia em Buenos Aires, dia cansativo, uma guia que sentou no ônibus ao lado do motorista e disse: “Eu preciso de férias!!!”. Uns brasileiros atrasadinhos fizeram a guia (Daniela) perder o humor no começo do dia, coitada…

Depois de comer no Hard Rock* no primeiro dia, acordamos cedo no dia seguinte para o city tour. O café da manhã não merece comentários de tão sem graça que era. Voltando, após conhecer a Casa Rosada, a calle Florida, a avenida 9 de julho, a maior do mundo e de tanto orgulho para os argentinos, ( e outros lugares) o passeio acabou para nós na Feira da Recoleta, era um sábado de sol e vento gelado.

Aproveitamos para fazer compras na feira, conhecemos os principais pontos turísticos ao redor da praça e fomos almoçar no La Biela. Pedi o prato Milanesitas de Pecito com papas fritas, nada mais é do que um bife a milanesa com batata frita e só – $20 pesos. Meu namorado já preferiu continuar nos lanches e pediu um Hambuerguesa Completa – hamburguer, presunto, queijo, alface em um pão tostado com o mesmo formato do pão de forma – $19,90 pesos.

O restaurante é super disputado pelos moradores e turistas que costumam almoçar ou jantar após um passeio pelos parques, museus e o cemitério onde está Evita Perón. Sentar do lado de fora do restaurante, no sol, sai 20% mais caro e, tenha certeza, terá dificuldade de encontrar um lugar. Nós fomos para dentro porque a fome falava mais alto que a vontade de sentar-se no sol…

Ao lado do La Biela fica a sorveteria Freddo, conhecido pelos sorvetes de doce de leche. Fiquei na fila enquanto meu namorado procurava uma mesa. Li a lista de sabores e não sabia o que escolher, principalmente porque não havia explicação do que aquele monte de chocolate e doce de leche com nomes diferentes significava… acabei pedindo o sorvete de doce de leche com brownie e sorvete de baunilha. Infelizmente, achei o sorvete de doce de leite insuportavelmente doce, preferi muito mais o tradicional baunilha, muito mais gostoso que os sorvetes de creme brasileiros. Para meu namorado pedi chocolate com mousse de chocolate, ele tomou o sorvete sem falar nada, acho que ele gostou…rs!

*O Hard Rock não é muito apreciado pelos argentinos. O lugar é mesmo reduto dos estrangeiros, principalmente dos americanos, claro! Gastamos quase 100 reais em dois hamburgueres, refrigerante, cerveja e batata frita, não vale a pena voltar.

La Biela
Avenida Quintana, 596
Recoleta
54 11 4804-0449

Freddo
Calle Coronel Díaz com calle Cerviño
0800 3337 3336

(Claudia Midori)

Read Full Post »